Google+ Followers

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Câmara aprovou por, 324 votos a favor da terceirização.

Câmara dos deputados no último dia 08 aprovou por, 324 votos a favor o texto do “Projeto de Lei 4330/2004”. Que regulamenta os contratos de terceirização no setor privado e para as empresas públicas, de economia mista, suas subsidiárias e controladas na União, nos Estados, no Distrito Federal e nos municípios. Não concordo com a lei acima que esta sendo analisada, no Congresso Nacional. Ela vai favorecer muito a corrupção na influência política para novas admissões nesses setores. Ainda tiram os direitos dos trabalhadores na empresas públicas e privadas. Vários parlamentares que votaram a favor são empresários nos setores da economia brasileira. Eles estão apoderando dessa nova lei da terceirização que lhe favorecerá no futuro. Acho que o povo deve sim fazer movimento sociais contra esse novo modelo, que esta sendo analisada nas casas legislativas. Atenciosamente: Manoel Limoeiro – Recife – PE Visite o Blog comunitário, por favor. http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/ Recife, 23 de abril de 2015.

Câmara aprova terceirização; texto agora será analisado pelo Senado 178

Câmara aprova terceirização; texto agora será analisado pelo Senado 178 Do UOL, em São Paulo* 22/04/201522h12 > Atualizada 23/04/201509h20 Ouvir texto 0:00 Imprimir Comunicar erro A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (22) o projeto de lei da terceirização (PL 4330/04). O texto agora segue ao Senado. A votação foi encerrada após aprovação de uma emenda do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) que determina a aplicação da cota de contratação de pessoas com deficiência para todos os trabalhadores da empresa, somando os próprios e os terceirizados. Com o fim da análise dos destaques e emendas, o projeto será enviado ao Senado. O texto-base da proposta, elaborado pelo deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), foi aprovado em 8 de abril. O plenário também já aprovou hoje emenda de Maia que confirmou a possibilidade de terceirização da atividade-fim no setor privado. Também foi aprovada emenda do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) que estende os direitos previstos no projeto aos terceirizados da administração direta e indireta. Emenda Mais cedo, a Câmara havia aprovado emenda que mantinha na regulamentação de atividades terceirizadas pontos contrários ao que o Palácio do Planalto pediu para que fossem retirados do texto final do projeto 4.330/2004. A emenda nº 15, apresentada em plenário pelo relator, Arthur Oliveira Maia (SD-BA), recebeu apoio de 230 deputados. Outros 203 parlamentares votaram contra e quatro optaram pela abstenção. Com a aprovação, o governo perdeu na tentativa de eliminar do texto a expressão "qualquer atividade", o que permite que uma empresa possa terceirizar toda e qualquer parte de sua operação. O PT apresentou emenda para derrubar essa expressão, mas com a votação da emenda nº 15, a sua proposta ficou prejudicada e não foi apreciada. O deputado Alessandro Molon (PT-RJ) acusou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de fazer "manobra regimental para impedir a transparência do voto dos parlamentares ao classificar como prejudicada a emenda petista. O PT queria votação nominal sobre a permanência ou a retirada da expressão "qualquer atividade" para dar publicidade à escolha individual. "Houve uma tentativa de esconder o voto dos parlamentares", disse. Previdência O modelo de contribuição previdenciária proposto pelo governo não foi analisado pelos deputados, mesmo após negociações que envolveram os ministros da Fazenda, Joaquim Levy; das Comunicações, Ricardo Berzoini; e da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha. O Planalto queria estabelecer um porcentual fixo de 5,5% sobre a receita das empresas. No texto aprovado, fica mantida a proposta do relator, que define alíquota de 20% sobre a folha de pagamento para empresas com baixa cessão de mão de obra e de 11% sobre a receita para empresas cujo serviço se concentra no fornecimento de mão de obra. *Com informações da Agência Câmara e Estadão Conteúdo

sábado, 11 de abril de 2015

Veja a lista dos deputados que aprovou o Projeto da Lei 4330/2004. Que regula as terceirizações

Deputados do PT abrem faixa contra o projeto de lei da terceirização no plenário da Câmara durante a sessão que votou o projeto de lei que regula as terceirizações. O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (8) o texto-base do Projeto de Lei 4330/04, que regulamenta os contratos de terceirização no setor privado e para as empresas públicas, de economia mista, suas subsidiárias e controladas na União, nos Estados, no Distrito Federal e nos municípios. Foram 324 votos a favor do texto, 137 contra e 2 abstenções. Veja abaixo como votou cada deputado. • Deputados do DEM: Alberto Fraga (DF) - Sim Alexandre Leite (SP) - Sim Carlos Melles (MG) - Sim Efraim Filho (PB) - Sim Eli Côrrea Filho (SP) - Sim Elmar Nascimento (BA) - Sim Felipe Maia (RN) - Sim Hélio Leite (PA) - Sim Jorge Tadeu Mudalen (SP) - Sim José Carlos Aleluia (BA) - Sim Mandetta (MS) - Sim Misael Varella (MG) - Sim Moroni Torgan (CE) - Não Onyx Lorenzoni (RS) - Sim Osmar Bertoldi (PR) - Sim Pauderney Avelino (AM) - Sim Paulo Azi (BA) - Sim Professora Dorinha Seabra Rezende (TO) - Não Rodrigo Maia (RJ) - Sim Total de deputados do DEM: 19 • Deputados do PCdoB: Alice Portugal (BA) - Não Aliel Machado (PR) - Não Carlos Eduardo Cadoca (PE) - Sim Chico Lopes (CE) - Não Daniel Almeida (BA) - Não Davidson Magalhães (BA) - Não Jandira Feghali (RJ) - Não Jô Moraes (MG) - Não João Derly (RS) - Não Luciana Santos (PE) - Não Orlando Silva (SP) - Não Rubens Pereira Júnior (MA) - Não Wadson Ribeiro (MG) - Não Total de deputados do PCdoB: 13 • Deputados do PDT: Abel Mesquita Jr. (RR) - Sim Afonso Motta (RS) - Sim André Figueiredo (CE) - Sim Dagoberto (MS) - Sim Damião Feliciano (PB) - Não Deoclides Macedo (MA) - Sim Félix Mendonça Júnior (BA) - Sim Flávia Morais (GO) - Sim Giovani Cherini (RS) - Sim Major Olimpio (SP) - Sim Marcelo Matos (RJ) - Não Marcos Rogério (RO) - Não Mário Heringer (MG) - Sim Roberto Góes (AP) - Sim Sergio Vidigal (ES) - Sim Subtenente Gonzaga (MG) - Não Weverton Rocha (MA) - Sim Wolney Queiroz (PE) - Não Total de deputados do PDT: 18 • Deputados do PEN: André Fufuca (MA) - Sim Junior Marreca (MA) - Sim Total de deputados do PEN: 2 • Deputados do PHS: Adail Carneiro (CE) - Sim Carlos Andrade (RR) - Sim Diego Garcia (PR) - Não Kaio Maniçoba (PE) - Sim Marcelo Aro (MG) - Sim Total de deputados do PHS: 5 • Deputados do PMDB: Alceu Moreira (RS) - Sim Baleia Rossi (SP) - Sim Cabuçu Borges (AP) - Sim Carlos Henrique Gaguim (TO) - Sim Carlos Marun (MS) - Sim Celso Jacob (RJ) - Sim Celso Maldaner (SC) - Sim Celso Pansera (RJ) - Sim Daniel Vilela (GO) - Sim Danilo Forte (CE) - Sim Darcísio Perondi (RS) - Sim Dulce Miranda (TO) - Sim Edinho Bez (SC) - Sim Edio Lopes (RR) - Sim Eduardo Cunha (RJ) - Art. 17 Elcione Barbalho (PA) - Sim Fabio Reis (SE) - Sim Fernando Jordão (RJ) - Sim Flaviano Melo (AC) - Sim Geraldo Resende (MS) - Sim Hermes Parcianello (PR) - Não Hildo Rocha (MA) - Sim Hugo Motta (PB) - Sim Jarbas Vasconcelos (PE) - Sim João Arruda (PR) - Não João Marcelo Souza (MA) - Sim José Fogaça (RS) - Sim Josi Nunes (TO) - Sim Laudivio Carvalho (MG) - Sim Lelo Coimbra (ES) - Sim Leonardo Picciani (RJ) - Sim Leonardo Quintão (MG) - Sim Lindomar Garçon (RO) - Sim Lucio Mosquini (RO) - Não Lucio Vieira Lima (BA) - Sim Manoel Junior (PB) - Sim Marcelo Castro (PI) - Sim Marcos Rotta (AM) - Sim Marinha Raupp (RO) - Não Marquinho Mendes (RJ) - Sim Marx Beltrão (AL) - Sim Mauro Lopes (MG) - Sim Mauro Mariani (SC) - Sim Mauro Pereira (RS) - Sim Newton Cardoso Jr. (MG) - Sim Osmar Serraglio (PR) - Sim Osmar Terra (RS) - Não Pedro Chaves (GO) - Sim Rodrigo Pacheco (MG) - Sim Rogério Peninha Mendonça (SC) - Sim Ronaldo Benedet (SC) - Sim Roney Nemer (DF) - Sim Saraiva Felipe (MG) - Sim Sergio Souza (PR) - Sim Silas Brasileiro (MG) - Sim Soraya Santos (RJ) - Sim Valdir Colatto (SC) - Sim Veneziano Vital do Rêgo (PB) - Sim Vitor Valim (CE) - Não Walter Alves (RN) - Sim Washington Reis (RJ) - Sim Total de deputados do PMDB: 61 • Deputados do PMN: Dâmina Pereira (MG) - Sim Hiran Gonçalves (RR) - Sim Total de deputados do PMN: 2 • Deputados do PP: Afonso Hamm (RS) - Sim Aguinaldo Ribeiro (PB) - Sim Arthur Lira (AL) - Sim Beto Rosado (RN) - Sim Cacá Leão (BA) - Sim Conceição Sampaio (AM) - Sim Covatti Filho (RS) - Sim Dilceu Sperafico (PR) - Sim Dimas Fabiano (MG) - Sim Eduardo da Fonte (PE) - Sim Esperidião Amin (SC) - Sim Ezequiel Fonseca (MT) - Sim Fernando Monteiro (PE) - Sim Guilherme Mussi (SP) - Sim Iracema Portella (PI) - Sim Jerônimo Goergen (RS) - Sim Jorge Boeira (SC) - Não José Otávio Germano (RS) - Sim Julio Lopes (RJ) - Sim Lázaro Botelho (TO) - Sim Luis Carlos Heinze (RS) - Sim Luiz Fernando Faria (MG) - Sim Marcelo Belinati (PR) - Não Marcus Vicente (ES) - Sim Mário Negromonte Jr. (BA) - Sim Missionário José Olimpio (SP) - Sim Nelson Meurer (PR) - Não Odelmo Leão (MG) - Sim Paulo Maluf (SP) - Sim Renato Molling (RS) - Sim Ricardo Barros (PR) - Sim Roberto Balestra (GO) - Sim Roberto Britto (BA) - Sim Ronaldo Carletto (BA) - Sim Sandes Júnior (GO) - Sim Simão Sessim (RJ) - Sim Toninho Pinheiro (MG) - Sim Total de deputados do PP: 37 • Deputados do PPS: Alex Manente (SP) - Sim Arnaldo Jordy (PA) - Não Carmen Zanotto (SC) - Sim Eliziane Gama (MA) - Não Hissa Abrahão (AM) - Sim Marcos Abrão (GO) - Sim Moses Rodrigues (CE) - Não Raul Jungmann (PE) - Sim Roberto Freire (SP) - Sim Rubens Bueno (PR) - Sim Sandro Alex (PR) - Sim Total de deputados do PPS: 11 • Deputados do PR: Aelton Freitas (MG) - Sim Alfredo Nascimento (AM) - Sim Altineu Côrtes (RJ) - Sim Anderson Ferreira (PE) - Sim Bilac Pinto (MG) - Sim Cabo Sabino (CE) - Não Capitão Augusto (SP) - Sim Clarissa Garotinho (RJ) - Não Dr. João (RJ) - Sim Francisco Floriano (RJ) - Sim Giacobo (PR) - Sim Gorete Pereira (CE) - Sim João Carlos Bacelar (BA) - Não Jorginho Mello (SC) - Sim José Rocha (BA) - Sim Lincoln Portela (MG) - Não Luiz Cláudio (RO) - Sim Luiz Nishimori (PR) - Sim Magda Mofatto (GO) - Sim Marcio Alvino (SP) - Sim Maurício Quintella Lessa (AL) - Sim Miguel Lombardi (SP) - Sim Milton Monti (SP) - Sim Paulo Feijó (RJ) - Sim Remídio Monai (RR) - Sim Silas Freire (PI) - Não Tiririca (SP) - Não Vinicius Gurgel (AP) - Sim Wellington Roberto (PB) - Sim Zenaide Maia (RN) - Abstenção Total de deputados do PR: 30 • Deputados do PRB: Alan Rick (AC) - Sim André Abdon (AP) - Sim Antonio Bulhões (SP) - Não Beto Mansur (SP) - Sim Carlos Gomes (RS) - Sim César Halum (TO) - Sim Cleber Verde (MA) - Sim Fausto Pinato (SP) - Sim Jhonatan de Jesus (RR) - Sim Jony Marcos (SE) - Não Marcelo Squassoni (SP) - Sim Márcio Marinho (BA) - Não Roberto Sales (RJ) - Sim Ronaldo Martins (CE) - Não Rosangela Gomes (RJ) - Sim Tia Eron (BA) - Sim Vinicius Carvalho (SP) - Sim Total de deputados do PRB: 17 • Deputados do Pros: Ademir Camilo (MG) - Não Antonio Balhmann (CE) - Sim Beto Salame (PA) - Não Domingos Neto (CE) - Sim Dr. Jorge Silva (ES) - Sim Givaldo Carimbão (AL) - Sim Hugo Leal (RJ) - Sim Leônidas Cristino (CE) - Sim Miro Teixeira (RJ) - Não Ronaldo Fonseca (DF) - Sim Valtenir Pereira (MT) - Sim Total de deputados do Pros: 11 • Deputados do PRP: Alexandre Valle (RJ) - Sim Juscelino Filho (MA) - Sim Marcelo Álvaro Antônio (MG) - Sim Total de deputados do PRP: 3 • Deputados do PSB Adilton Sachetti (MT) - Sim Átila Lira (PI) - Não Bebeto (BA) - Não Fabio Garcia (MT) - Sim Fernando Coelho Filho (PE) - Sim Flavinho (SP) - Sim Glauber Braga (RJ) - Não Gonzaga Patriota (PE) - Sim Heitor Schuch (RS) - Não Heráclito Fortes (PI) - Sim Janete Capiberibe (AP) - Não João Fernando Coutinho (PE) - Sim José Reinaldo (MA) - Sim José Stédile (RS) - Não Júlio Delgado (MG) - Sim Keiko Ota (SP) - Sim Leopoldo Meyer (PR) - Sim Luciano Ducci (PR) - Sim Luiz Lauro Filho (SP) - Sim Luiza Erundina (SP) - Não Maria Helena (RR) - Não Marinaldo Rosendo (PE) - Sim Pastor Eurico (PE) - Sim Paulo Foletto (ES) - Sim Rodrigo Martins (PI) - Sim Stefano Aguiar (MG) - Sim Tadeu Alencar (PE) - Não Tenente Lúcio (MG) - Sim Tereza Cristina (MS) - Sim Vicentinho Júnior (TO) - Sim Total de deputados do PSB: 30 • Deputados do PSC: André Moura (SE) - Sim Erivelton Santana (BA) - Sim Gilberto Nascimento (SP) - Sim Irmão Lazaro (BA) - Sim Júlia Marinho (PA) - Sim Marcos Reategui (AP) - Não Pastor Marco Feliciano (SP) - Não Professor Victório Galli (MT) - Sim Raquel Muniz (MG) - Sim Silvio Costa (PE) - Sim Total de deputados do PSC: 10 • Deputados do PSD: Alexandre Serfiotis (RJ) - Sim Átila Lins (AM) - Sim Cesar Souza (SC) - Sim Danrlei de Deus Hinterholz (RS) - Não Delegado Éder Mauro (PA) - Abstenção Diego Andrade (MG) - Sim Evandro Rogerio Roman (PR) - Sim Fábio Faria (RN) - Sim Fábio Mitidieri (SE) - Sim Fernando Torres (BA) - Sim Francisco Chapadinha (PA) - Sim Goulart (SP) - Sim Herculano Passos (SP) - Sim Heuler Cruvinel (GO) - Sim Irajá Abreu (TO) - Sim Jaime Martins (MG) - Sim Jefferson Campos (SP) - Sim João Rodrigues (SC) - Sim Joaquim Passarinho (PA) - Sim José Carlos Araújo (BA) - Sim José Nunes (BA) - Sim Júlio Cesar (PI) - Sim Marcos Montes (MG) - Sim Ricardo Izar (SP) - Sim Rogério Rosso (DF) - Sim Rômulo Gouveia (PB) - Sim Sérgio Brito (BA) - Sim Sergio Zveiter (RJ) - Sim Sóstenes Cavalcante (RJ) - Não Walter Ihoshi (SP) - Sim Total de deputados do PSD: 30 Deputados do PSDB: Alexandre Baldy (GO) - Sim Alfredo Kaefer (PR) - Sim Antonio Imbassahy (BA) - Sim Arthur Virgílio Bisneto (AM) - Sim Betinho Gomes (PE) - Sim Bruna Furlan (SP) - Sim Bruno Covas (SP) - Sim Caio Narcio (MG) - Sim Célio Silveira (GO) - Sim Daniel Coelho (PE) - Sim Delegado Waldir (GO) - Sim Domingos Sávio (MG) - Sim Eduardo Barbosa (MG) - Sim Eduardo Cury (SP) - Sim Fábio Sousa (GO) - Sim Geovania de Sá (SC) - Não Giuseppe Vecci (GO) - Sim Izalci (DF) - Sim João Campos (GO) - Sim João Castelo (MA) - Sim João Gualberto (BA) - Sim João Paulo Papa (SP) - Sim Lobbe Neto (SP) - Sim Luiz Carlos Hauly (PR) - Sim Mara Gabrilli (SP) - Não Marco Tebaldi (SC) - Sim Marcus Pestana (MG) - Sim Mariana Carvalho (RO) - Sim Miguel Haddad (SP) - Sim Nelson Marchezan Junior (RS) - Sim Nilson Leitão (MT) - Sim Nilson Pinto (PA) - Sim Otavio Leite (RJ) - Sim Paulo Abi-Ackel (MG) - Sim Pedro Cunha Lima (PB) - Sim Pedro Vilela (AL) - Sim Raimundo Gomes de Matos (CE) - Sim Ricardo Tripoli (SP) - Sim Rocha (AC) - Sim Rodrigo de Castro (MG) - Sim Rogério Marinho (RN) - Sim Rossoni (PR) - Sim Samuel Moreira (SP) - Sim Shéridan (RR) - Sim Silvio Torres (SP) - Sim Vitor Lippi (SP) - Sim Total de deputados do PSDB: 46 • Deputados do PSDC: Aluisio Mendes (MA) - Sim Luiz Carlos Ramos (RJ) - Sim Total de deputados do PSDC: 2 • Deputados do PSL: Macedo (CE) - Não Total PSL: 1 • Deputados do PSOL: Cabo Daciolo (RJ) - Não Chico Alencar (RJ) - Não Edmilson Rodrigues (PA) - Não Ivan Valente (SP) - Não Jean Wyllys (RJ) - Não Total de deputados do PSOL: 5 • Deputados do PT: Adelmo Carneiro Leão (MG) - Não Afonso Florence (BA) - Não Alessandro Molon (RJ) - Não Ana Perugini (SP) - Não Andres Sanchez (SP) - Não Angelim (AC) - Não Arlindo Chinaglia (SP) - Não Assis Carvalho (PI) - Não Assis do Couto (PR) - Não Benedita da Silva (RJ) - Não Beto Faro (PA) - Não Bohn Gass (RS) - Não Caetano (BA) - Não Carlos Zarattini (SP) - Não Chico D Angelo (RJ) - Não Décio Lima (SC) - Não Enio Verri (PR) - Não Erika Kokay (DF) - Não Fabiano Horta (RJ) - Não Fernando Marroni (RS) - Não Givaldo Vieira (ES) - Não Helder Salomão (ES) - Não Henrique Fontana (RS) - Não João Daniel (SE) - Não Jorge Solla (BA) - Não José Airton Cirilo (CE) - Não José Guimarães (CE) - Não José Mentor (SP) - Não Leo de Brito (AC) - Não Leonardo Monteiro (MG) - Não Luiz Couto (PB) - Não Luiz Sérgio (RJ) - Não Luizianne Lins (CE) - Não Marco Maia (RS) - Não Marcon (RS) - Não Margarida Salomão (MG) - Não Maria do Rosário (RS) - Não Merlong Solano (PI) - Não Moema Gramacho (BA) - Não Nilto Tatto (SP) - Não Odorico Monteiro (CE) - Não Padre João (MG) - Não Paulão (AL) - Não Paulo Pimenta (RS) - Não Paulo Teixeira (SP) - Não Pedro Uczai (SC) - Não Professora Marcivania (AP) - Não Ságuas Moraes (MT) - Não Sibá Machado (AC) - Não Toninho Wandscheer (PR) - Não Valmir Assunção (BA) - Não Valmir Prascidelli (SP) - Não Vander Loubet (MS) - Não Vicente Candido (SP) - Não Vicentinho (SP) - Não Waldenor Pereira (BA) - Não Weliton Prado (MG) - Não Zé Carlos (MA) - Não Zé Geraldo (PA) - Não Zeca Dirceu (PR) - Não Zeca do PT (MS) - Não Total de deputados do PT: 61 • Deputados do PTB: Adelson Barreto (SE) - Sim Alex Canziani (PR) - Sim Antonio Brito (BA) - Sim Arnaldo Faria de Sá (SP) - Não Arnon Bezerra (CE) - Sim Benito Gama (BA) - Sim Deley (RJ) - Não Eros Biondini (MG) - Não Jorge Côrte Real (PE) - Sim Josué Bengtson (PA) - Sim Jovair Arantes (GO) - Sim Jozi Rocha (AP) - Sim Luiz Carlos Busato (RS) - Sim Nelson Marquezelli (SP) - Sim Nilton Capixaba (RO) - Sim Paes Landim (PI) - Sim Pedro Fernandes (MA) - Não Ricardo Teobaldo (PE) - Sim Ronaldo Nogueira (RS) - Não Walney Rocha (RJ) - Sim Wilson Filho (PB) - Sim Zeca Cavalcanti (PE) - Não Total de deputados do PTB: 22 • Deputados do PTC: Brunny (MG) - Não Uldurico Junior (BA) - Não Total de deputados do PTC: 2 • Deputados do PT do B: Luis Tibé (MG) - Sim Pastor Franklin (MG) - Sim Total de deputados do PT do B: 2 • Deputados do PTN: Bacelar (BA) - Não Christiane de Souza Yared (PR) - Não Delegado Edson Moreira (MG) - Sim Renata Abreu (SP) - Sim Total de deputados do PTN: 4 • Deputados do PV: Evair de Melo (ES) - Sim Evandro Gussi (SP) - Sim Fábio Ramalho (MG) - Sim Leandre (PR) - Sim Victor Mendes (MA) - Sim William Woo (SP) - Sim Total de deputados do PV: 6 • Deputados do Solidariedade: Arthur Oliveira Maia (BA) - Sim Augusto Carvalho (DF) - Sim Augusto Coutinho (PE) - Sim Aureo (RJ) - Sim Benjamin Maranhão (PB) - Sim Carlos Manato (ES) - Sim Elizeu Dionizio (MS) - Sim Expedito Netto (RO) - Sim Ezequiel Teixeira (RJ) - Sim Genecias Noronha (CE) - Sim Laercio Oliveira (SE) - Sim Lucas Vergilio (GO) - Sim Paulo Pereira da Silva (SP) - Sim Zé Silva (MG) - Sim Total de deputados do Solidariedade: 14

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Posto de saúde pública de Pernambuco.

Foto de: Manoel Limoeiro.
No último dia 31 compareci na portaria da Fundação Altino Ventura (FAV), para uma consulta para o pólo de catarata. Antigamente esse serviço da Fundação Altino Ventura era realizado por telefone: 81-30813030. Facilitava mais os deslocamentos das pessoas de vários municípios de Pernambuco, e até de outros estados do Nordeste. Fiquei surpreso por determinação do governo, a marcação só é feita agora através de encaminhamento da clinica médica. Nos postos da saúde família (PSF) da Prefeitura de cada cidade. Na realidade o sistema de saúde publica no país esta falido, sem nenhuma infra-estrutura, para um melhor atendimento a população. Um desse exemplo, é a unidade de saúde da Rua Primeiro de Março, no Centro do Recife. Pacientes, idoso, deficiente, crianças, sem ter lugar para sentar, aguarda o médico, em pé. Em minha opinião ficou mais complicado ainda quem precisa desse atendimento aja burocracia. Mais de uma duvida não me sai da memória, no próximo ano temos eleições municipais para prefeito e vereador. Começou o palanque eleitoral antecipado pelo o puder executivo. Atenciosamente: Manoel Limoeiro – Recife – PE Posto de saúde pública de Pernambuco. Visite o Blog comunitário, por favor. http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/ Recife, 04 de abril de 2015.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Pesquisa desaprova o governo de Dilma Rousseff.

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Pesquisa desaprova o governo de Dilma Rousseff. Veja a pesquisa abaixo por favor: (Reportagem de Jeferson Ribeiro) A avaliação ruim/péssima do governo da presidente Dilma Rousseff disparou para 64% em março, ante 27% em dezembro, em meio à piora no cenário político e econômico e ao escândalo envolvendo a Petrobras, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira. Ainda de acordo com o levantamento, 12% avaliam o governo como ótimo ou bom, contra 40% em dezembro. A pesquisa, contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontou ainda que 23% avaliam o governo como regular, ante 32% em dezembro. Já a aprovação da maneira de governar da presidente desabou para 19%, contra 52% em dezembro, enquanto a desaprovação foi a 78%, ante 41%. O levantamento mostrou ainda que 24% dos entrevistados confiam em Dilma, contra 51% que confiavam nela em dezembro, e 74% não confiam, ante 44%. O Ibope ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios entre os dias 21 e 25 de março. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.