Google+ Followers

sábado, 20 de fevereiro de 2010

"Vergonha brasileira", deixa Pernambuco de luto pela falta de segurança pública.


Foto é de Alexandre Gondim/JCimagem relata um sofrimento da Senhora Maria Luiza, genitora de um jovem estudante de Biomedicina da Universidade Federal de Pernambuco, que conquistou o primeiro lugar no vestibular. Ex-aluno de escola pública, não conseguiu realizar seu sonho no último dia 5, foi assassinado. Alcides Lins, o Brasil esta de luto em sua memória, que nos deixar mais uma marca da violência sem fim. Manoel Limoeiro.


Texto do Pebodycount

Alcides não acontece todos os dias. É símbolo. Desses que não são inventados. Daqueles que orgulha, que faz todo mundo repensar a vida, as oportunidades, os acertos, os erros. Alcides é história boa, daquelas que enche um livro inteiro, que faz a gente querer contar todos os detalhes para o taxista, o porteiro, os colegas de trabalho, para todo o mundo.

Morador da Vila Santa Luzia, na Torre, filho de uma ex-carroceira, tirou fino da miséria e passou no vestibular de Biomedicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Passou bem. Foi primeiro lugar entre os alunos das escolas públicas. Não fazia outra coisa. Só estudava e freqüentava o grupo jovem da Igreja da Torre.. Deixou a mãe louca de felicidade. E a Vila Santa Luzia também. As mães de lá ganharam um rosto para mostrar aos filhos. "Ta vendo aquele ali. Passou no vestibular."


Aos 22 anos, Alcides ganharia o diploma em setembro. Iria fazer mestrado e depois doutorado. Mas ele morava no Recife. Foi o bastante para levar dois tiros na cabeça. Estava estudando à 1h da sexta-feira. Arrastado de casa por dois homens numa moto. Morreu na frente da mãe e das três irmãs. Queriam matar outro.

Encontrei com a mãe dele, dona Maria Luiza, hoje pela manhã. Ainda estava vestida de orgulho, com o jaleco branco do filho. Faltava bem pouquinho para ela dizer ao mundo que era mãe de um biomédico. Pouquinho para dizer que não era mais uma. Contou todo o sofrimento. Disse que ainda se agarrou com os assassinos. Mas não teve jeito. Conseguiu evitar apenas o terceiro tiro. Os dois primeiros já haviam interrompido o seu maior sonho. Maria Luiza voltou a ser mais uma. Hoje é 8 de fevereiro e 386 mães choraram, apenas neste ano, a morte de um filho.
Texto de Manoel Limoeiro.
Estado pedeu um sonho de um jovem pobre, filho de Maria Luiza, ex - cartadora de lixo que conquistou o primeiro lugar no concurso do vestibular da Universidade Federal de Pernambuco. Alcides Lins de 22 anos ia concluir o seu curso superior de Biomedicina no corrente ano. Foi impedido realizar seu futuro pela guerra da violência que tem mais poder do que o estado no crime organizado. Esse orgulho de um ex-aluno de uma escola da rede publica acabou sendo assassinato no último dia 5, morto corvademente na frente da sua residência na Vila Santa Luzia, zona Oeste do Recife. Meus sentimentos aos familiares e amigos do estudante universitário, mais uma vítima da violência no País. Atenciosamente: Manoel José de Santana (Manoel Limoeiro) E-mail e MSN: manoeljs127773997@hotmail.com . Contato: 81-87405965.




Recife-PE 20 de fevereiro de 2010, sábado.




Manoel José de Santana

Um comentário:

Fábio disse...

Olá tudo legal? Gostaria de convida a conhecer meu pequeno trabalho no blog Ecos em www.ecosdotelecoteco.blogspot.com . Sucesso com o blog aí hein... T +